O Boaventura na ultima jornada da 1ª fase do campeonato recebeu um dos candidatos ao titulo, o Sporting da Madeira, num desafio que se previa complicado para os comandados de Nelson Santos.
Numa primeira parte muito equilibrada onde o Boaventura teve algum ascendente sobre os visitantes na fase inicial do desafio, com várias situações de perigo, chegou ainda a acertar com a bola no poste num remate de belo efeito de Faria. Seria numa perda de bola a meio campo que o Boaventura viria a sofrer o primeiro golo, depois de Victor Gomes ainda adiar num primeiro momento, já nada pode fazer na recarga. Já perto do intervalo, nova situação de perca de bola a meio campo e contra-ataque rápido viria a ditar o segundo golo para a equipa forasteira.

Já na segunda parte, o equilíbrio voltou a ser nota dominante, onde Victor, passou a assumir um papel de destaque com defesas de bom nível, ajudando a equipa a se manter na luta até ao final.

Embalada pelo bom trabalho defensivo da sua equipa Nelson Santos, promoveu as mexidas que viriam a ser decisivas no resultado final. Já nos 15 minutos finais um livre convertido por Tony Gomes, Rui com um tiro certeiro voltou a dar esperanças ao Boaventura, que pouco tempo depois em jogada colectiva, chegaria ao empate por intermédio de Faria.

Elmano Santos arbitro escalado para este jogo, deu ainda três minutos de jogo, nos quais o colectivo liderado por Nelson Santos, tudo fez para chegar à vitória mas o resultado já não se viria a alterar.

Com este resultado, o Boaventura mantém a invencibilidade em casa em 2018, com um empate 3-3 frente ao União, vitória frente ao Santacruzense 2-1, e empate frente ao Sporting 2-2.

Para a 2ª fase o Boaventura vai encontrar, os Xavelhas, Santacruzense, Carvalheiro, Ribeira Brava, Câmara de Lobos, Porto da Cruz e São Paulo.

No boletim clínico, Nelson, Nélio e Sérgio realizam tratamento.